Sistema de Câmbio: Como Funciona?

sistema de câmbio

Você sabe para que serve o sistema de câmbio? Entenda como ele funciona e a sua importância na performance do veículo.

Primeiramente, precisamos levar em consideração para que serve o câmbio… Então, analise o seguinte: as diferentes vias são construídas levando em conta as várias características do solo, como a altitude e estrutura, por exemplo. Além dessas variações entre ladeiras e planícies, há também as condições da via, a carga a ser transportada e etc.

Sobretudo, nessas diversas situações, o motor precisa trabalhar ora com mais força, ora com mais velocidade. E é aí que o sistema de câmbio tem seu papel fundamental para a funcionalidade do veículo.

POTÊNCIA = FORÇA X VELOCIDADE

Todo veículo possui o motor com torque e potência fixos, variando somente em função da rotação. E é o câmbio que vai determinar o melhor balanceamento entre força e velocidade, de acordo com a necessidade do veículo no momento.

Consequentemente, é por meio da troca de marcha que a transmissão cumpre sua função. Justificando, assim, a presença e a importância da variedade de marchas em todos os veículos. Observe:

  • Primeira e segunda marcha: considerada as mais “baixas”, elas trabalham impondo mais força para puxar a carga, tanto para o arranque, como para subir rampas e ladeiras.
  • Quarta marcha em diante: consideradas as mais “altas”, servem para otimizar a potência e torque do motor e desenvolver maior velocidade, favorecendo a economia no combustível.
  • Ré: no sistema de transmissão há anéis que servem para sincronizar os engates das marchas em sua ordem de engate. Mas, para engatar a marcha Ré, é preciso que o carro esteja parado, visto que a função dessa marcha é alterar o sentido de rotação das rodas.
  • Neutro: É o conhecido ‘ponto morto’. Como não há nenhuma marcha engatada, na função Neutro não bloqueia as rodas de tração. Por isso, recomenda-se manter o pé no freio.

Já para os carros automáticos, o câmbio muda bastante, reduzindo muito a necessidade de troca de marchas. Confira:

P – Park (parado): enquanto está ativada, ela bloqueia as rodas de tração.

N – Neutral (neutro): também usada quando o carro está parado, mas não bloqueia as rodas de tração

D – Drive (dirigindo): para quando o carro estiver em movimento, em que o motorista precisa apenas acelerar e frear.

R – Reverse (ré): usada para quando for necessário dar ré no veículo.

Conclusão

Já percebeu como os câmbios mais modernos tendem a simplificar a direção para o motorista?! Proporcionando, assim, não apenas maior economia, mas também mais conforto e segurança na hora de dirigir.

Pois em, agora que você conhece um pouco sobre o funcionamento do sistema de câmbio, descubra também quais os principais tipos de transmissão. Ou ainda, quer saber mais detalhes sobre nossos serviços? Venha conhecer a Reis Auto Service e converse com nossa equipe especializada. Aguardamos sua visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *